Por Que Investir No Mercado Imobiliário Ainda Em 2021?

Desde o começo de 2020 a pandemia da Covid-19 atingiu diferentes mercados, uma vez que o distanciamento social foi a principal arma para conter a proliferação do vírus. Nesse contexto, quem desejava investir o seu dinheiro, naturalmente, também tinha algumas preocupações. No entanto, com os meses o mercado imobiliário se mostrou como uma segura alternativa para quem buscasse por uma aplicação.

Hoje, em 2021, investir nesse mercado pode ser uma ótima opção. Saiba por quê:

No início de 2020, a taxa Selic já estava em baixa para que a economia pudesse dar uma guinada. Porém, com o agravamento da pandemia, as pessoas viram seus índices caírem ainda mais. Para se ter uma ideia, chegou a 2,25%, considerado o menor patamar da história da Selic.

Por isso, aplicar o dinheiro em investimentos que tenham riscos pode ser prejudicial para quem deseja ampliar o seu patrimônio. Nesse sentido, o mercado imobiliário se mostra como um importante segmento, uma vez que é seguro, tem valorização, além de trazer a oportunidade de uma renda extra (principalmente para quem deseja alugar o espaço futuramente).

Investir Mercado Imobiliário

Além disso, a pandemia trouxe outras necessidades para as pessoas que permitiu um aquecimento do setor imobiliário. Devido ao distanciamento social, por exemplo, há uma tendência de empresas a buscarem por ambientes compartilhados para quando as suas organizações voltarem a funcionar novamente. Dessa forma, elas adotariam o trabalho híbrido, quando parte das pessoas trabalham no escritório e outra parte direto de casa.

Por outro lado, também é interessante o fato de os indivíduos buscarem locais relativamente maiores para morar. Ou seja, agora existe uma preocupação de ter um quarto extra, com possibilidades de trabalhar em casa, ou até mesmo outros ambientes que contribuam para o bem-estar e qualidade de vida.

Aqui, na Urban, você encontra as melhores ofertas de imóveis e uma consultoria especializada que lhe proporciona a melhor experiência de compra.

Saiba mais, acesse urban.imb.br

Deixe um comentário